quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Cantam connosco músicas natalinas?

No Festival de Natal todos cantamos músicas natalinas. Depois de treinar muito, cantaram muito bem.
A turma do 5º ano e o seu "Pinheirinho".


E a turma do 6º ano "Toca o sino" do Natal dos Pintainhos.


quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Está a chegar o Natal!

Já resta pouco tempo para Natal, e é a hora de aprender algumas músicas natalinas para poder cantá-las no festival de Natal. Deixo cá a música e a letra das canções. Espero que gostem delas!

Os alunos do 5º ano vamos aprender "Pinheirinho, pinheirinho".

Enquanto eles aprendem essa canção, os alunos do 6º ano vamos cantar "Toca o sino" do Natal dos Pintainhos.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

O Magusto

No dia de São Martinho se comemora o Magusto, uma festa onde se partilham castanhas na sua homenagem.
Os alunos do 5º ano cantámos a canção "Castanhas, castanhas".

video

E os alunos do 6º ano, a canção "São castanhas!".

video

Conheces a lenda de São Martinho?

No dia 11 de Novembro comemora-se o seu dia. Sabes o porquê?

Martinho era um valente soldado romano que estava a regressar da Itália para a sua terra, algures em França. 

Montado no seu cavalo estava a passar num caminho para atravessar uma serra muito alta, chamada Alpes, e, lá no alto, fazia muito, muito frio, vento e mau tempo. 

Martinho estava agasalhado normalmente para a época: tinha uma capa vermelha, que os soldados romanos normalmente usavam. 

De repente, aparece-lhe um homem muito pobre, vestido de roupas já velhas e rotas, cheio de frio que lhe pediu esmola. 

Infelizmente, Martinho não tinha nada para lhe dar. Então, pegou na espada, levantou-a e deu um golpe na sua capa. Cortou-a ao meio e deu metade ao pobre. 
Nesse momento, de repente, as nuvens e o mau tempo desapareceram. Parecia que era Verão! 
Foi como uma recompensa de Deus a Martinho por ele ter sido bom. 
É por isso que todos os anos, nesta altura do ano, mesmo sendo Outono, durante cerca de três dias o tempo fica melhor e mais quente: é o Verão de São Martinho. 







Os alunos do 6º ano já conheciam a lenda e assistiram este vídeo para conhecer um bocadinho mais da história. Treinem o ouvido e tentem não ler as legendas!

video

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Qual é a origem do Dia das Bruxas?


 

"Halloween" ou Dia das Bruxas é uma festa típica da Inglaterra, Estados Unidos e Canadá que acontece tradicionalmente todos os anos, no dia 31 de outubro.

À noite, crianças e adolescentes, vestidos com fantasias de fantasmas, bruxas, múmias, vampiros, duendes, gnomos, entre outras criaturas, e carregando abóboras iluminadas com velas, praticam o mesmo ritual: bater de porta em porta, pedindo doces aos moradores.

Em Portugal, a festa ainda se mistura com o dia de "Todos os Santos" no calendário, sendo que a sua expressão ainda é relativamente limitada.

O "Halloween" foi criado pelo povo celta. Eles inventaram a festa para marcar o fim oficial do verão, o início do ano novo, o término da última colheita, a renovação das leis, retorno dos rebanhos e armazenamento das provisões para o inverno.

A festa tinha vários nomes como SamhainSamheinLa Samon e Festa do Sol. Mas o que prevaleceu foi "Halloween", adaptada de "All Hallows Eve", que significa véspera do Dia de Todos os Santos, comemorado a 1º de Novembro.

Segundo a lenda, as almas dos que morreram ao longo do ano voltavam para tomar os corpos dos vivos no ano que se iniciaria. Um dos rituais mais marcantes da festa eram as fogueiras acesas nas casas durante as comemorações. Os vivos que não queriam ser possuídos apagavam o fogo para que o local parecesse ser frio e indesejado, além de se vestirem com fantasias de criaturas assustadoras e desfilarem na vizinhança para afugentar os espíritos que vagavam.

As Áboboras

Conta a lenda que na festa de Samhain, as fogueiras das casas eram acesas a partir das brasas de uma fogueira sagrada. Para levar a brasa, os moradores usavam um nabo como se fosse um lampião. Daí, os irlandeses, assim como Jack, passaram a esculpir nabos e também beterrabas e usá-los como lanternas ou lampiões.

Quando emigraram para a América, não encontraram nabos e beterrabas em grande quantidade, tendo que trocar por abóboras. Desde então, fazem parte da decoração nas noites de Halloween. Elas também representam as almas dos mortos, segundo a lenda de Samhain.

"Trick or Treat"

Originária da Irlanda, a frase traduzida significa "doces ou partidas" e é usada pelas crianças e jovens no momento em que pedem doces na vizinhança.

Quem for solicitado, deve separar os doces num saquinho, caso contrário uma sofrer uma partida. Ou seja, dê um treat para não ganhar um trick.

Nos Estados Unidos, também é comum não só a troca de doces e guloseimas como de presentes entre os amigos na noite de "Halloween".


quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Doçura ou travessura?


No dia das bruxas, as crianças pedem doçura ou travessura. Ajuda nesta brincadeira a estas personagens a apanhar as suas guloseimas.